26 de agosto de 2010

Fim das férias...

As férias escolares estão mesmo a acabar e eu, para variar, não fiz metade do que queria. 
Como sempre faço planos para tudo menos para fazer nada, e acabo por fazer exactamente isso: nada, o que nem é assim tão mau, sinto-me descansado embora não tenha estimulado a moleirinha que precisa de trabalhar a valer já a partir de 13 de Setembro.

Não rever matéria associado a não arrumar a casinha nova – ainda com caixas da mudança, deixa-me um pouco em baixo, então hoje lá estive cheio de força a meter o que não interessava na arrecadação e a arrumar a recente mini-oficina num cantinho da área de trabalho cá de casa.

Mas não fazer mesmo, mas mesmo nada, só sendo gato! ;)


 Sempre a dormir, o raio da gata! (Ou monstro, como diz a minha querida amiga Channa xD )

24 de agosto de 2010

Isobutyl nitrite

O “Isobutyl nitrite”, na imagem ao lado (C4H9NO2), também conhecido por Poppers, Rush ou Hard Ware nas sex shops , foi outrora utilizado para as dores peitorais provocadas pelas anginas. Actualmente é utilizado como inalante na estimulação sexual e afrodisíaco.
Os efeitos imediatos são cara e pescoço vermelhos, diminuição do ritmo cardíaco e da pressão sanguínea. Alem disso o uso deste nitrito provoca instantaneamente um estado de euforia acompanhada de vasodilatação e por vezes erecção.



Segundo o serviço de saúde pública dos estados unidos  estima-se que este inalante é a quarta "droga" de eleição dos jovens depois do álcool, tabaco e marijuana.
Estão a ser realizados estudos acerca dos possíveis malefícios associados a um uso abusivo desta droga, concluindo-se recentemente que esta pode provocar imunodeficiência, cancro entre outras doenças graves.

Apesar de tudo isto… Experimentei. Está aprovado, mas fica a nota: não abusar! ;)

Bibliografia

23 de agosto de 2010

H&S

Já todos devem conhecer este anuncio, mas alguém perceberá mais de 25% do raio da letra da música!?



E aqui fica também a versão original, muito melhor (e perceptível) na minha opinião:

19 de agosto de 2010

"Professora castigada por reprovar mais de metade dos alunos"

Foi na minha faculdade, UNL-FCT.
Ela, Professora Elvira Gaspar, deu-nos aulas de técnicas de laboratório e segurança (aka TLS), e era regente da cadeira.
O que não se percebe na notícia lançada é: como é que uma docente chumba mais de metade dos alunos da cadeira, quando só avaliou 1/4 dos mesmos!?

Isto foi com toda a certeza levado a cabo por "alguém" que a quereria remover do cargo. Mas esse alguém não olhou a meios e desrespeitou a professora não averiguando a situação e não entrando em contacto com a mesma.

O nosso país está a entrar numa fase cada vez mais regida pelo facilitismo! Isto é uma vergonha nacional!

Notícia vista aqui.

Partilho a seguinte mensagem enviada internamente a todos os alunos de química, e que deverá tornar-se pública: Reacção dos Representantes dos Alunos do Departamento de Química da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa

Casa de Chá da Raposa

 A Casa de Chá da Raposa foi um dos meus subterfúgios há uns anos atrás.
Uma casa de chá com aroma a incenso e bolinhos de canela, onde predominam porcelanas e mobiliário robusto, peças de decoração únicas como que retiradas de um conto de fadas alemão, um incentivo ao romantismo, ao secretismo de algo mais que uma paixão e a pouco menos que um amor.
Foi lá um começo de uma outra vida, que é a de agora minha, e com muita pena tenho reparado nos portões fechados, aparentando ser definitivo o encerramento.

Que pena...

17 de agosto de 2010

Ensaio Sobre a Lucidez

"Entretanto, andaremos para aqui às apalpadelas, às cegas, queixou-se o presidente. O silêncio foi daqueles que embotaria o gume da mais afiada das facas. (...) Do fundo da sala, ouviu-se a voz tranquila do ministro da cultura, Tal como há quatro anos."
(...)
 "(...) o voto branco é uma manifestação de cegueira tão destrutiva como a outra, Ou de lucidez, disse o ministro da justiça, Quê, perguntou o ministro do interior, que julgou ter ouvido mal, Disse que o voto em branco poderia ser apreciado como uma manifestação de lucidez por parte de quem o usou."
in Ensaio Sobre a Lucidez, Saramago

Esta é a referencia que insere o Ensaio Sobre a Cegueira no livro Ensaio Sobre a Lucidez, uma ideia que considero fantástica, aprofundando o enredo da história.

É claro, como qualquer livro de Saramago, este também é "difícil" de ler: exige muita atenção, paciência, e por vezes até um dicionário! (Mas não esperem encontrar o significado de "têvê", o escritor também gostava de neologismos).

Apesar de exigente é um livro fantástico até ao mais ínfimo pormenor. Quem ler os diálogos julga estar presente de transcrições de conversas reais, até porque estas personagens sem nome (apenas título), apresentam maneirismos e tendências de alguns políticos que conhecemos.
O seu linguarejar, exagerado, chato, aborrecido mesmo! Levam qualquer audiência ao seu mais profundo desinteresse. Isto, segundo o nosso autor, e dito pelas palavras dos próprios ministros (não confundamos, estamos a falar no livro), serve para "amolecer o povo" e "fazer dele o que se quiser".

Também neste livro se manifesta a tremenda importância do voto, em especial do voto branco e do seu significado.
Mas por favor, não se misture o significado de branco com nulo - pois o nulo está previsto em lei que nada provoca, à excepção da demonstração de que houve quem se desse ao trabalho de ir às urnas para surtir efeito nenhum - aliás, este é o significado de nulo.

16 de agosto de 2010

GOD

As melhores sátiras religiosas que já vi.
Não aconselho que os mais sensíveis vejam... Os restantes... RIAM-SE A VALER! xD

(A brincar, a brincar este filmes fazem reflectir muitas coisas, até porque são sátiras fundamentadas)



14 de agosto de 2010

C.E.C.D.

Fui hoje passear por Sintra, tirei umas dezenas de fotos interessantes que mais tarde poderei partilhar convosco, mas por agora fica só o que me chamou mais a atenção:


 

No Parque dos Namorados (Volta do Duche), encontrei uma zona reabilitada que me merece toda a atenção dos Sintrenses e visitantes: um pequeno jardim ao encargo do CECD Mira Sintra, uma actividade ao ar livre para pessoas deficientes que lhes alegra muito e a nós sintrenses também.
 

"O Centro de Educação para o Cidadão Mira Sintra é uma cooperativa de solidariedade social, reconhecida como instituição de utilidade pública, sendo assim uma entidade pública sem fins lucrativos. Foi fundada em 1976 por pais e técnicos. Desde o início que os saberes e experiência de uns e outros estão presentes na gestão da cooperativa.

Atende mais de oito centenas de crianças, jovens e adultos que precisam de apoios especializados, devido a perturbações no seu desenvolvimento e/ou deficits acentuados no seu rendimento escolar, laboral ou social. 

Dispõe de estruturas diferentes, em espaços diferentes, com programas específicos e equipas multidisciplinares, adaptadas às necessidades e características da população atendida. 

O seu âmbito de acção estende-se prioritariamente ao Concelho de Sintra." 

OBRIGADO

10 de agosto de 2010

Choices

A vida é feita disso mesmo... Escolhas.
A escolha do perfil para o meu curso chegou. Tinha duas opções: Química orgânica ou Biotecnologia.
Isto levantou-me uma série de dúvidas, pois ao que parece não me agradou nenhum dos perfis.

Com o decorrer deste primeiro ano dei conta que não gosto MESMO de orgânica, mas sim de inorgânica – cadeira pela qual praticamente me apaixonei, quem sabe se um dia não faço algum mestrado relacionado com ela.
Adiante…

Biotecnologia tem um terrível problema: é um ramo de uma licenciatura de química mas tem mais biologia que química no ultimo ano. Só faltava a famosa Matemática para Biólogos (aparentemente da faculdade de ciências de lx), que como uma colega minha diz “deve ser para aprenderem a contar pinguins”.

No entanto, e completamente contra a minha intuição escolhi Biotec. Acontece que tenho maior variedade de saídas profissionais sendo muitas delas ainda em química. Além disso, eu não quero ser inflexível, estanque, preso às saias da mãe química. Não me quero vendar de outras hipóteses e de expandir os horizontes.
Vou, mas não de cabeça… Lá vou eu passar mais um mesinho do verão a dar uma vista de olhos em Biologia 12ºano.

_______________________________
Mais acerca de "escolhas"…
O meu adorado palácio de Seteais, em Sintra, era assim:

E agora está assim:



Para quem não conhecia ou não é Sintrense, a diferença parece pouca e até melhor pois está tratado – e já precisava! Mas para mim o que foi feito está um horror.
Eu passei de carro em frente ao palácio e fiquei em estado de choque, e o estranho é que aparentemente ninguém se preocupou ou reparou que um palácio passou de amarelo a qualquer coisa como BRANCO!?
Como se pode permitir que se faça algo assim ao património dos portugueses, por muita privatização que exista!?


Já recentemente também a câmara de Sintra mandou cortar as gardénias enormes (e já com pelo menos uma década), que davam um aroma peculiar à correnteza, onde se tem realizado o mercado brocante. É muito triste, ver estes e muitos outros erros serem cometidos diariamente no nosso concelho. Soa a "facadinhas" e a assassínio lento do ambiente e cultura sintrense.

O proximo passo, já o adivinho… Há uns anos era permitido a um visitante circular pelos jardins de seteais – não só os que vão dos portões à faxada mas também os de baixo. Brevemente poderão selar completamente a entrada, mas eu, nessa altura, não ficarei parado.
Prometo.